O ano de 2020 foi muito atípico, né? Depois de um 2019 cheio de turbulências, a esperança se renovou na virada de ano, e o que parecia caminhar para um ano tranquilo logo foi tomado de surpresa nos primeiros meses com o anúncio de uma pandemia.

E diante desse cenário foi necessária uma urgente adaptação, que afetou a rotina de toda a sociedade. Para alguns, esse momento pode ter sido bastante assustador, afinal, muitos enfrentaram pela primeira vez um caos na saúde como o que 2020 causou.

Considerando todas essas mudanças, alguns aspectos se tornaram ainda mais fundamentais, visando minimizar os impactos causados por essa transição, como os casos de saúde mental.

E observando que vamos entrar no próximo ano ainda sem vacinação, vale ressaltar algumas dicas de saúde mental em 2021 para que possamos aguentar mais um pouquinho.

Então continue a leitura e veja como desenvolver o bem-estar emocional em tempos como esse e começar o novo ano bem equilibrado.

COMO CONQUISTAR A SAÚDE MENTAL EM 2021?

SENTIMENTO OU EMOÇÃO?

O primeiro passo para que seja possível criar uma rotina mais saudável para a saúde mental é compreender a diferença entre sentimento e emoção. Em muitos casos essas duas palavras são colocadas como sinônimos, quando na verdade não são.

Emoção está diretamente ligada a um estímulo ambiental em que o cérebro oferece respostas químicas e neurais, ou seja, é um processo natural do organismo humano e não há como fugir ou “desligar”.

O sentimento, por outro lado, é a resposta que nós damos a emoção recebida, é a forma como vamos reagir e como vamos “sentir” a emoção original.

Para ficar ainda mais claro, vamos considerar que a emoção faz com que o cérebro libere alguma reação química que literalmente altera o seu estado emocional e até mesmo físico, por isso algumas pessoas choram, outras sentem as mãos suadas, entre outros.

Já o sentimento é o que você vai construir a partir dessa reação, e pode ser algo duradouro e até mesmo prejudicial, levando a depressão e causando outros sintomas. Alguns exemplos de sentimentos são: amor, mágoa, inveja, decepção, compaixão, ódio.

E é super importante compreender essa diferença! Dessa forma, você pode analisar a si mesmo com mais exatidão, sempre que uma situação lhe trouxer uma emoção, você terá a chance de observar quais sentimentos essa emoção gerou e então trabalhar esse sentimento, para evitá-lo se for ruim, ou estimular se for bom.

DÊ UM TEMPO A SI MESMO

Esse período de incertezas pode fazer com que a sua mente se mantenha em estado de alerta e preocupação de uma forma exagerada e nada saudável. Em um primeiro momento você pode achar isso natural, mas com o passar do tempo pode perceber que não fará bem.

Por isso, nossa segunda dica de saúde mental em 2021 é dedicar um tempo para si mesmo! Mas isso não significa ficar deitado no sofá checando as últimas tragédias que os jornais expõem, ok? O conteúdo consumido deve ser de qualidade!

Aproveite para realizar atividades prazerosas, talvez relembrar algum antigo hobby ou então se permitir conhecer alguma nova atividade. Leitura, medicação, exercícios, jardinagem e artesanato são bons exemplos, certamente haverá algo do seu gosto.

E isso não quer dizer que você precise se isolar do mundo e ficar sem acompanhar as notícias, ok? A sugestão é que você dedique ao menos um período do seu dia para a sua mente, pode ser meia hora, uma hora, aos poucos você vai observar como isso será benéfico.

Aproveite que enquanto o isolamento social durar, você também terá mais tempo disponível para tirar os planos do papel. Se necessário, conte com a ajuda de amigos ou familiares, faça chamadas de vídeo, troque mensagens, sempre buscando algo leve e prazeroso.

MANTENHA UMA ROTINA

Nossa terceira dica para manter a saúde mental em 2021 pode ser considerada como uma junção das suas dicas anteriores, com a diferença de que agora nós incentivamos você a manter uma rotina bastante organizada, não apenas “deixando a vida te levar…”.

E durante essa pandemia, algumas pessoas têm a possibilidade de ter ainda mais controle sobre a rotina. Se você está trabalhando em casa, por exemplo, defina um horário para acordar e mantenha assim todos os dias, considerando que você não precisará mais se deslocar até o trabalho.

E se esse tempinho “extra” do deslocamento sobra, você também pode aproveitar para incluir um bom café da manhã na sua rotina, que é fundamental para o organismo.

Não esqueça de manter algumas atitudes que estimulem o cérebro e façam ele compreender que apesar de você estar em casa, ainda há uma rotina de trabalho, atividades físicas e mais. Por isso, não se permita ficar o dia todo de pijama na cama!

Levante-se, tome um bom banho, separe um cantinho para trabalhar e siga rigorosamente o horário de trabalho, sem se deixar distrair com as tentações do descanso ou das comidas.

Também é importante manter um horário para dormir e de preferência sem perder horas navegando na internet até pegar no sono.

E aí, o que achou das nossas dicas de saúde mental para 2021? Algumas ações simples podem fazer uma grande diferença no seu dia a dia. Então que tal seguir os itens acima até a vacina chegar e voltarmos ao “normal”?

Continue acompanhando nosso blog para mais dicas, curiosidades e conteúdos sobre a saúde e o universo hospitalar.