O atendimento hospitalar de qualidade sempre foi um grande desafio, tanto para o serviço público como para o setor privado.

A falta de preparo dos profissionais é o primeiro passo para uma gestão que tende ao insucesso, visto que a forma como os pacientes são acolhidos desde o primeiro contato com a instituição é o que vai guiar a satisfação deles.

Por isso, na nossa publicação de hoje nós trouxemos algumas informações e dicas sobre como identificar pontos de melhoria na assistência hospitalar.

MELHORANDO O ATENDIMENTO NO HOSPITAL

INVISTA NO ATENDIMENTO HUMANIZADO

Manter um bom relacionamento com o paciente e familiares é talvez o ponto principal de um atendimento hospitalar de qualidade. E esse contato exige cuidados que vão além do conhecimento técnico. É preciso também ter empatia e acolhimento.

Pensando nisso, o próprio Ministério da Saúde desenvolveu a política nacional de humanização, indicado como um protocolo para atendimentos em hospitais.

Dentre os pontos principais da cartilha, podemos destacar:

  • Atendimento mais agradável, acolhedor e decisivo baseado em critérios de risco
  • Cuidados físicos sustentados na ética moral
  • Direitos do usuário garantidos
  • Transmissão de segurança e apoio ao paciente

Ao seguir as indicações acima, os profissionais hospitalares garantem uma experiência mais agradável ao paciente, que por sua vez estará passando por um momento mais sensível.

FOQUE NO AMBIENTE ADEQUADO E ACOLHEDOR

Como dissemos acima, o paciente está passando por um momento delicado, por isso decide comparecer ao hospital. Vamos supor que o paciente seja um cadeirante e que ao chegar ao local verifica que não há rampas de acesso e nenhuma forma de acessibilidade. Isso fará com que ele se sinta ainda pior.

Além disso, hospitais carregam a fama de ser um ambiente triste e sem vida, correspondente aos corredores mal iluminados, banheiros sujos e desorganizados etc.

É importante lembrar que os hospitais precisam seguir alguns padrões de segurança e higiene, mas isso não impede que detalhes deem mais vida ao local, como por exemplo:

  • Adesivagem especial e colorida em diferentes ambientes, principalmente infantil
  • Espaços destinados à convivência dos pacientes e/ou familiares
  • Bandas e/ou palhaços que alegram os pacientes internados
  • Visitas especiais de animais como forma de terapia

Etc.

CONSIDERE FEEDBACKS E DEPOIMENTOS DOS CLIENTES

Existe uma grande quantidade de empresas buscando clientes e sofrendo para conseguir feedback deles, como forma de melhorar o serviço ou produto.

Os hospitais são instituições que não precisam “lutar” por clientes, uma vez que os recebe diariamente. E não há nada melhor para a evolução de uma organização do que ouvir os próprios clientes, que nesse caso são os pacientes.

Crie uma cultura de analisar feedback dos clientes, afinal, são eles quem experimentar todos os serviços do local e podem melhor do que ninguém identificar pontos de melhorias.

Além disso, ao manter uma rotina de colher a opinião dos pacientes, isso fará com que eles se sintam ouvidos e incluídos, mantendo a esperança de que poderão ser melhor atendidos em uma outra oportunidade.

Gostou das nossas dicas de atendimento hospitalar de qualidade? Continue acompanhando nosso blog para mais novidades e curiosidades do ambiente clínico.