A estação mais fria do ano já está bem próxima de nós. O inverno traz seus ventos gelados, tempo seco e muita, muita preguiça. A vontade de ficar dentro de casa e debaixo das cobertas acaba criando um hábito perigoso, o da má alimentação no inverno.

Os alimentos menos saudáveis são aqueles que parecem ficar mais gostosos ainda no inverno. As coisas gordurosas e processadas devem ser consumidas com muito cuidado, ainda mais nesta estação.

Mudanças da alimentação no inverno

Você já deve ter percebido que comemos mais no inverno. Resumidamente, isso acontece porque o corpo está precisando de mais calorias para manter-se na temperatura ideal, aumentando o metabolismo basal (necessidade de energia para manter o organismo ativo).

Uma alimentação diferenciada, claro, vai ser necessária para suprir essa necessidade à mais de energia. No entanto, isso não é um passe livre para consumir aquilo que é mais calórico. O ideal é praticar o equilíbrio.

E por quê? O inverno nos deixa cheio de vontades, principalmente pelos pratos mais “gordos”. Não é necessariamente evitar tudo, mas saber o que consumir e quando consumir.

No que apostar

Os horários entre as refeições são aqueles que geralmente são ocupados com escolhas duvidosas na alimentação. Portanto, é preciso pensar em bons lanches, nutritivos, quentinhos e gostosos.

Sopas (que não sejam pré-prontas) e chás são sempre boas ideias neste sentido. Quentinhos e nutritivos, eles esquentam e não contém tantas calorias.

Apostar em alimentos que contenham canela e gengibre também é uma boa ideia, já que são termogênicos e conseguem dar um “up” na disposição. O café também pode ser aliado, mas não em excesso.

Muitas pessoas descartam as frutas e verduras nessa estação porque ficam menos “apetitosas”. De qualquer maneira, enriquecer a dieta com antioxidantes e vitamina C é uma boa ideia especialmente neste momento. Portanto, não descarte uma alimentação saudável, principalmente lembrando das frutas cítricas.

Como falamos lá em cima, não há necessidade de cortar complemente os alimentos mais calóricos e gordurosos, mas eles precisam continuar sendo consumidos com parcimônia.

A alimentação no inverno exige poucos cuidados, nada muito complicado para quem já cuida da saúde. A Medworld está constantemente preocupada com seu bem estar e procura deixar sua vida mais saudável em todos os momentos.

Esperamos que nossas dicas tenham contribuído para sua rotina. Para mais, continue acompanhando nosso blog!