Em 2015, pesquisa do SUS apontou que 31% dos brasileiros não costumam procurar as unidades de saúde.

Na teoria, o cuidado com a saúde sempre deveria vir em primeiro lugar. Por isso é primordial o hábito de monitorar periodicamente sua saúde com consultas, exames, check-ups, etc. Ainda que tudo pareça bem, esses hábitos podem ajudar a evitar ou combater doenças que nem sempre dão sinais físicos. No entanto, a própria rotina acaba nos fazendo esquecer deste “detalhe” e, no quesito esquecimento, os homens são os campeões.

Imagem: Shutterstock

Imagem: Shutterstock

Há dois anos, uma pesquisa do SUS revelou que 31% dos brasileiros não costuma procurar Unidades de Saúde para buscar informações sobre a prevenção de doenças de qualquer natureza. Entre os principais motivos apontados pelos homens estão o fato de nunca ‘ter precisado’ (55%), utilizar a rede privada (17,4%) e a demora no atendimento (14,5%). O SUS não fez comparativo com o percentual de mulheres que não procuram Unidades de Saúde.

No Paraná, desde 2012, o incentivo ao cuidado à saúde masculina é lei e, junto com ela, nasceu também a Campanha Agosto Azul, na qual os órgãos relacionados à saúde pública do estado intensificam a divulgação de informações relacionadas à promoção da saúde do homem. A expectativa de vida deles, no Paraná, chega a ser sete anos menos que a delas, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

Além de incentivar que os homens procurem mais as Unidades de Saúde, a campanha também promove a adoção de hábitos mais saudáveis como a prática de exercícios físicos regulares, boa alimentação e recomenda também o abandono de vícios em cigarro, álcool e outras drogas.

Continue acompanhando o nosso Blog e fique sempre informado de como cuidar bem de sua saúde.